;

Notícias de Imprensa

Posicionamento sobre atividade física e exercícios físicos no isolamento

Eloir Simm, Rony Tschoke - 27/04/2020


Em tempos de Pandemia Mundial e isolamento social devido ao Covid-19, experimentamos uma série de mudanças abruptas em nossa rotina diária, as quais impactaram em nossos comportamentos. Diante do novo e do desconhecido, as pessoas reagem de diferentes formas. Algumas lutam (enfrentam o problema e buscam soluções); outras fogem (chegam a negar a gravidade dos fatos e tendem a reclamar de tudo); e uma outra parcela das pessoas fica num estado de paralisia (sem saber o que fazer e acabam por nada fazer).

Percebemos uma espécie de tristeza coletiva e boa parte desse incômodo vem daquilo que perdemos (agenda, clientes, emprego, entes queridos, liberdade, hábitos) e outra parte vem das restrições que estamos experimentando. Mas uma grande parcela desse desconforto está ligada ao sofrimento por antecipação, ou seja, aquela sensação que temos em relação ao que o futuro nos reserva.

É tempo de respeitar as recomendações das autoridades governamentais e de saúde, bem como redobrar os cuidados com higiene pessoal e assepsia, mas continua sendo imprescindível a prática regular de atividades físicas. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o ideal é movimentar o corpo pelo menos 150 minutos por semana. Isso equivale a 30 minutos por dia, 5 vezes na semana, podendo dividir em 2 partes de 15 min ou 3 partes de 10 min por dia.

                A participação em um programa de exercícios físicos regulares, devidamente orientado por Profissionais habilitados, é uma maneira muito efetiva de prevenção de doenças e de promoção de saúde. A modalidade de orientação on line se tornou eficaz justamente por permitir boa orientação com respeito ao isolamento, considerando o fechamento temporário de parques e espaços específicos para essa prática. Certifique-se de quem vai orientá-lo.

                O sedentarismo (falta de atividades físicas) é considerado um fator de risco primário e isolado, ou seja, por si só é capaz de expor as pessoas ao aparecimento de uma série de problemas de saúde, em especial as Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT’s), que são, globalmente, as principais causas de mortalidade. As que mais acometem a população são as doenças do aparelho circulatório, neoplasias malignas, diabetes mellitus e doenças respiratórias crônicas. Essas doenças caracterizam-se por ter uma etiologia múltipla e muitos fatores de risco, tendo como os principais: fumo, consumo excessivo de álcool, alimentação não saudável e atividade física insuficiente.

A prática de atividades físicas e os exercícios regulares contribuem para um estilo de vida independente e mais saudável, melhorando muito a capacidade funcional e a qualidade de vida da população. Alguns dos benefícios dessa prática incluem: ganhos de força e de resistência muscular localizada; proteção do sistema cardiovascular; o aperfeiçoamento das habilidades motoras; manutenção e controle de peso; fortalecimento do sistema imunológico; contribui na prevenção de doenças; modera o colesterol e outros marcadores; aumenta a auto estima e sensação de bem estar geral, além de melhorar a saúde mental e ajudar a prevenir a depressão.


Movimente-se, melhore sua produtividade, amplie sua imunidade, combata níveis de estresse e procure ocupar esse tempo mais abundante incluindo exercícios físicos em sua rotina. A boa orientação faz a diferença!

 

Artigo Atividade Física.pdf

Últimas

ABQV apoia a primeira reunião de coalizão Osteoporose 2020

DIA SEM ELEVADOR 2020

A importância do esporte e da prática de atividades físicas nas Organizações

ABQV debate a Evolução dos Programas de Qualidade de Vida no Brasil

Evento contemplou observações feitas sobre gestão do bem-estar, ações preventivas de saúde mental, capacitação profissional, saúde integrada, planejamento estratégico e apresentação de resultados.

Conheça a publicação "Worksite Health International" de janeiro de 2020

Curso Transtornos Mentais Relacionados ao Trabalho e Saúde Mental no Trabalho

25º Congresso Brasileiro Multidisciplinar em Diabetes

Equilibrando o ritmo

Maior evento corporativo poliesportivo do mundo, Corporate Games chega ao Brasil em 2020

Combinação única de esportes, negócios e turismo, Jogos serão realizados na cidade de São Paulo. Com 31 anos de história ao redor do mundo, já reuniu 31 mil organizações e 1 milhão de participantes

Convite: Corporate Games chega ao Brasil: lançamento na próxima terça-feira (17)

CONHEÇA AS EMPRESAS VENCEDORAS DO PRÊMIO NACIONAL DE QUALIDADE DE VIDA 2019

ABQV reconhece práticas em programas de saúde no ambiente corporativo. Avon Cosméticos, Enel Brasil e Fundação Copel foram as organizações mais pontuadas dentro de cada categoria.

Conheça as Empresas Vencedoras do Prêmio Nacional de Qualidade de Vida 2019

ABQV reconhece práticas em programas de saúde no ambiente corporativo. Avon Cosméticos, Enel Brasil e Fundação Copel foram as organizações mais pontuadas dentro de cada categoria.

Conheça as Empresas Vencedoras do Prêmio Nacional de Qualidade de Vida 2019

ABQV reconhece práticas em programas de saúde no ambiente corporativo. Avon Cosméticos, Enel Brasil e Fundação Copel foram as organizações mais pontuadas dentro de cada categoria.

Prêmio Nacional de Qualidade de Vida 2019 divulga finalistas

Conheça as empresas finalistas do Prêmio Nacional de Qualidade de Vida 2019

Empresas são reconhecidas por promoverem boas práticas em programas de saúde e bem-estar

Saúde Mental foi Tema do Encontro ABQV

Especialistas discutiram sobre o atual cenário do Brasil e novas formas de promover o bem-estar dos trabalhadores.

Seminário mulheres na liderança

Osteoporose é discutida em Audiência Pública em Brasília (DF)

Comissão dos direitos da Pessoa Idosa reuniu entidades de classe, médicos e líderes. Cenário social da doença óssea no Brasil impulsiona o movimento da Coalizão. Até 2029, especialistas preveem um aumento de 63% no número de fraturas.

Osteoporose será tema de audiência pública na quinta