Dehlicom - 21/12/2021 Banner Principal 2770

24º PNQV premia 16 empresas por programas de excelência em saúde e bem-estar de seus colaboradores

  • Ícone Facebook Facebook
  • Ícone Twitter Twitter
  • Ícone Linkedin Linkedin
  • Ícone Whatsapp Whatsapp
  • Ícone Email Email

Em cerimônia híbrida, foram entregues troféus às organizações que receberam as Certificações Ouro, Prata e Bronze em boas práticas

A Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV) realizou, no dia 16 de dezembro, a cerimônia de entrega do 24º Prêmio Nacional de Qualidade de Vida (PNQV). A premiação, que este ano foi híbrida — primeiro evento da entidade neste formato desde o início da pandemia de Covid-19 —  também transmitida pelo canal da entidade no YouTube, visa reconhecer publicamente as empresas que possuem práticas de excelência e obtêm êxito na melhoria da saúde, bem-estar e qualidade de vida dos seus profissionais no ambiente de trabalho.

Ao longo de mais de duas décadas, o PNQV consagrou-se como o mais importante e tradicional reconhecimento neste campo de atuação do país. Está fundamentado no Modelo de Excelência da Gestão (MEG), da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ), adaptado aos objetivos dos Programas de Qualidade de Vida e à Gestão das suas atividades, bem como no Modelo de Ambiente de Trabalho Saudável da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Dessa forma, ABQV cumpre sua missão de reconhecer, dar visibilidade e estimular às melhores práticas de bem-estar e promoção de saúde dos programas de qualidade de vida nas organizações e assim promover a integração dos profissionais nos processos de transformação organizacionais e sociais”, destacou Sâmia  Aguiar Brandão Simurro, coordenadora do 24º PNQV, na abertura da cerimônia.

Desde a criação do PNQV, mais de cem organizações nacionais e globais de diferentes portes e segmentos de mercado foram premiadas e reconhecidas por sua excelência nas melhores práticas de qualidade de vida de mais de 600 mil colaboradores, impactados por ações gerenciais e estratégias organizacionais alinhadas com a proposta de se obter um ambiente de trabalho cada vez mais saudável para todos.

“As empresas buscam o Prêmio Nacional de Qualidade Vida para aprimorar suas práticas de promoção de saúde e bem-estar, fortalecer seus programas internamente através de um reconhecimento externo como uma organização que cuida de seus talentos”, ressaltou Sâmia, salientando que no PNQV as instituições não concorrem entre si, mas elas se desafiam a aumentar os níveis de seus programas de qualidade de vida e promoção de saúde e bem-estar de seus colaboradores ano a ano.

O PNQV é divido em quatro categorias: Empresa de Base Nacional (organização que possua acima de 10 mil funcionários e com base em pelo menos dez estados); Grande Empresa (500 empregados); Média Empresa (entre 100 e 499 funcionários); e Micro e Pequena Empresa (organização com até 99 trabalhadores). E a certificação do Prêmio possui quatro níveis:

  • Nível 4 — Pontuação a partir de 81% dos critérios evidenciados — Certificação Ouro de Boas Práticas (Excelência em Gestão).
  • Nível 3 — Pontuação acima de 71% a 80% dos critérios evidenciados — Certificação Prata de Boas Práticas.
  • Nível 2 — Pontuação acima de 51% a 70% dos critérios evidenciados — Certificação Bronze de Boas Práticas.
  • Nível 1 — Pontuação abaixo de 50% dos critérios evidenciados — sem Certificação.

As organizações finalistas apresentaram todas as evidências cientificas e práticas exigidas para concorrer, que são: Conhecimento do cliente e do mercado; Responsabilidade social; Liderança e constância de propósito; Visão de futuro; Orientação por processos e informações; Valorização das pessoas; Geração de valor; Pensamento sistêmico; Aprendizado organizacional; Cultura da inovação; e Desenvolvimento de parcerias.

Das mais de cem empresas inscritas na edição 2021 do PNQV, um recorde, 16 organizações foram as vencedoras. São elas:

Accenture do Brasil, Associação Adventista de Prevenção e Assistência à Saúde (Hospital Adventista de Manaus), Banco Bradesco S&A, Companhia Paranaense de Energia, Diagnóstico da América S.A. - DASA, Fundação Copel de Assistência e Previdência Social, Marsh Corretora de Seguros Ltda. e Secretaria de Estado de Economia do Distrito Federal —  Certificação Ouro de Boas Práticas; Adecoagro Vale do Ivinhema S.A., GlaxoSmithKline Brasil Ltda., Greenbrier Maxion Equipamentos e Serviços Rodoviário, John Deere Brasil Ltda., OI S.A., Oracle Sistemas do Brasil e TOTVS S.A. — Certificação Prata de Boas Práticas; e IFOOD.COM Agências de Restaurantes On line S.A. — Certificação Bronze de Boas Práticas.

“Essa pluralidade de empresas premiadas muito nos alegra, pois isso indica uma crescente atenção que vem tomando conta delas, nos ambientes mais diversos. A ABQV, desde sua fundação, acredita que somente com profissionais saudáveis e motivados poderemos alcançar o sucesso e o desenvolvimento da sustentabilidade das organizações”, pontuou a coordenadora do 24º PNQV.

A ABQV parabeniza essas empresas que nos últimos anos resolveram enfrentar o desafio de promover saúde e bem-estar em tempos árduos, que exigiram de todos muita criativa e flexibilidade para rápidas adaptações e atender às necessidades das diferentes formas de trabalho que vêm surgindo.

“A todas as organizações que participaram desse processo de premiação em 2021 gostaríamos de expressas o nosso respeito e a nossa admiração”, finalizou Sâmia.

Na oportunidade, também foram homenageados os mantenedores da ABQV: Arcelor Mittal, Associação Congregação de Santa Catarina, MKP Contabilidade, Suzano e Zetta Health Analytics, que, além de compartilharem o propósito da entidade, ocupam um papel  fundamental na sustentabilidade das atividades da Associação.

Confira na íntegra a cerimônia de premiação do 24º Prêmio Nacional de Qualidade de Vida acessando AQUI.

 

 

 

Últimas Notícias